quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Você tem livre arbítrio?



Só dois homens na história tiveram livre arbítrio: Adão e Cristo. Todos os outros homens nascem escravos do pecado. Assim como é obviamente falso afirmar que um escravo é livre para escolher, ou que um morto pode tomar decisões, assim também é afirmar que homens pecadores têm livre arbítrio.
“Mas eu escolhi crer em Jesus” – você talvez diga. “Eu aceitei a Cristo” é uma expressão comum no meio evangélico; mas a Bíblia nos ensina claramente que nossa decisão de crer no Evangelho só acontece porque Deus nos escolheu[1]. Somos capazes de escolher lutar contra o pecado somente quando Deus soberanamente nos alcança com uma graça que não merecemos,[2] nos dando um novo espírito e um novo coração.[3]
Se isso não tivesse acontecido você jamais buscaria a Deus,[4] ainda estaria zombando do Evangelho;[5] mesmo tendo um conhecimento natural acerca de Deus,[6] continuaria na prática do pecado mesmo sabendo da destruição que te aguarda. [7]
Se você em algum momento escolheu crer no Evangelho; só fez isso porque Deus te escolheu muito antes[8] e porque Cristo te atraiu de modo irresistível,[9] capacitando você a reconhecer seu pecado e a justiça de Deus[10] ao fazê-lo nascer de novo[11]. É por isso que toda a glória pertence a Ele. [12]
É por isso que Lutero disse que "se algum homem, de alguma maneira, atribuir a salvação ao livre-arbítrio do homem - mesmo uma ínfima parte - nada sabe sobre a graça e não conheceu Jesus Cristo corretamente".[13] Por isso Charles Spurgeon explicou assim como Cristo converte um pecador: “Ele não lhes pede seu consentimento; o consegue de fato. Ele não diz ‘quer recebê-lo?’ mas faz que vocês queiram no dia do poder de Deus. Não contra sua vontade, mas faz que vocês queiram. Ele mostra-lhes seu valor, e logo vocês se encantam dele, e correm diretamente atrás dele e o obtêm”.
Afinal de contas, aqueles que estão mortos em seus pecados[14] nada podem escolher ou decidir.


[1] João 15.16
[2] Efésios 2.8
[3] Ezequiel 11.19; 36.26
[4] Romanos 3.11
[5] 1 Coríntios 1.23
[6] Salmo 19.1
[7] Romanos 1.32
[8] Efésios 1.4
[9] João 12.32
[10] João 16.8
[11] João 3.3
[12] Romanos 11.36
[13] Extraído do sermão “O Céu e o Inferno” de Charles Spurgeon.
[14] Efésios 2.1

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entendeu? Alguma discordância ou crítica? Alguma sugestão? Colabore com o autor. Obrigado.