terça-feira, 9 de abril de 2019

Um cristão pode fazer Acupuntura?



O que é?

A acupuntura (do latim acus – agulha e punctura – colocação) é um ramo da medicina tradicional chinesa (MTC). A acupuntura é um dos componentes da Medicina Tradicional Chinesa. No Brasil, foi reconhecida como especialidade médica em agosto de 1995, e está inserida no SUS (Sistema Único de Saúde) desde o ano de 1988. Foi também declarado Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade pela Unesco em 19 de novembro de 2010.

Acupuntura é uma forma de tratamento alternativo que consiste em espetar pequenas agulhas em pontos específicos do corpo para tratar vários problemas de saúde. Foi desenvolvida na China ao longo de milhares de anos e só recentemente se espalhou para o resto do mundo.

A acupuntura nasceu no oriente, mais precisamente na China. Lá ela é largamente utilizada pela medicina tradicional chinesa como um método de tratamento complementar na cura de vários tipos de doenças. Esse tipo de tratamento chegou ao Brasil no século XX, trazido pelos imigrantes japoneses e logo começou também a ser adotado como um tratamento complementar. No começo não era muito aceito, porém, os resultados eram evidentes, o que fez os conselhos federais de saúde avaliarem os resultados dos tratamentos. Em 1995 o conselho Federal de Medicina reconheceu a acupuntura como especialidade médica

Pesquisas recentes com o uso de ressonância magnética funcional mostram que a acupuntura pode ter ação no sistema nervoso central, com a ativação de áreas específicas cerebrais que atuam no controle e regulação da dor e outros sintomas. Outras pesquisas mostram que a acupuntura também age localmente e difusamente com a liberação de hormônios e neurotransmissores, como a serotonina, endorfina, auxiliando no alívio e tratamento dos sintomas.

O tratamento com acupuntura, segundo a Organização Mundial da Saúde e centenas de pesquisas científicas médicas, tem benefícios no tratamento de patologias tanto agudas quanto crônicas. A acupuntura auxilia no tratamento e controle de dores, principalmente músculo-esqueléticas, e tem efeito anti-emético (contra vômitos), promotor da imunidade, ansiolítico, antidepressivo menor e relaxante muscular, principalmente.
Como a Acupuntura funciona?

A inserção das agulhas de Acupuntura estimula as terminações nervosas existentes na pele e nos outros tecidos, enviando desta forma mensagens até ao cérebro, o que desencadeia diferentes efeitos no corpo, como ação analgésica ou anti-inflamatória, por exemplo. Existem diversas comprovações científicas de que a acupuntura funciona mesmo, porém no Brasil ela só deve ser utilizada como forma para complementar o tratamento clínico orientado pelo médico.

Qual a explicação oriental para a Acupuntura?

A acupuntura é um dos tratamentos médicos mais antigos e teve sua origem na China, há mais de 2500 anos. As raízes de sua filosofia estão nos ensinamentos tradicionais do Taoísmo, que promove a harmonia entre os humanos e o mundo a sua volta, assim como um equilíbrio entre o yin e o yang. A visão tradicional da medicina chinesa está profundamente ligada a teorias baseadas no Taoísmo, sobre a dualidade Yin/Yang, sobre, chacras, meridianos e outros conceitos exóticos para a ciência médica ocidental.

A explicação oriental de como funciona a Acupuntura é a seguinte: a energia vital, denominada energia Qi, flui através de canais no corpo. Esta energia pode ser influenciada e equilibrada pela estimulação de pontos específicos do corpo. Estes pontos estão localizados ao longo dos canais de energia conhecidos como meridianos, que ligam nossos órgãos principais. Segundo a teoria da Medicina Chinesa, a doença surge quando o fluxo cíclico de Qi nos meridianos se torna desequilibrado ou é bloqueado.


Qual o problema?

Há pessoas que condenam a acupuntura em razão de sua origem pagã ou por causa de sua explicação mítica. Isso porque, como dito acima, dentro da tradicional medicina chinesa, a acupuntura é explicada como útil para alinhar os chacras, equilibrando a energia positiva e negativa (yin/yang) e fazer fluir a energia vital (Qi). Na perspectiva tradicional chinesa, a doença é causada por um desequilíbrio de energias.

No entanto, nada disso impede ao cristão de valer-se da acupuntura. Sabemos que não há chacras e que a saúde não é resultado de um alinhamento de energia positiva/negativa. A explicação mítica não torna a acupuntura inútil ou nociva. A acupuntura, como já mostraram vários estudos científicos, por outra razão: o método estimule a liberação de substâncias químicas que alteram o sistema nervoso e podem ter efeitos em todo o corpo, promovendo o equilíbrio do organismo.

Ilustração

Imagine que você está com dor de cabeça e uma pessoa diga que essa dor de cabeça é causada por um desequilíbrio de energias. Ela te oferece então um comprimido de paracetamol dizendo que aquele comprimido irá equilibrar as energias fazendo parar a dor de cabeça.

Isso impede você de tomar o comprimido de paracetamol? Ou, tomar o comprimido significa que você crê na explicação dele? Não. Você que é esclarecido sabe que a dor de cabeça não é causada por um desequilíbrio de energias e que o Paracetamol funciona porque atua diretamente no Sistema Nervoso Central diminuindo a sensibilidade à dor através da inibição de estímulos nervosos.


Agulhas consagradas a espíritos ou demônios?

Essas alegações não têm nenhum respaldo. No entanto, assim como os açougueiros de Corinto consagravam as carnes vendidas no mercado a ídolos e mesmo assim o apóstolo Paulo afirmou que não havia nenhum problema em serem consumidas pelos cristãos (1 Coríntios 8.8); o fato de um profissional (acupunturista, dentista, padeiro, etc) consagrar a ídolos ou a demônios sua atividade, não impede que cristãos usufruam desses serviços. Como diz Paulo, ídolos não são nada (1Coríntios 8.4) e demônios nada podem contra o Cristo que reina em sua vida ou contra o Espírito Santo que habita em você (1 Coríntios 8.5-6).


Pra que serve?

A acupuntura induz a regeneração e assim consegue recuperar todo o organismo. As funções do corpo ficam normalizadas, além de estimular o sistema imunológico e aumentar a resistência à dor. Ela é muito indicada para: 

  • Dores, principalmente nas costas;
  • Casos de fibromialgia, ajudando a diminuir a dor;
  • Pacientes que fazem quimioterapias ou cirurgias, diminuindo enjoos e vômito;
  • Diminuição da tensão emocional.

Pesquisas já confirmaram que a técnica pode desativar áreas responsáveis no cérebro e triplicar o efeito de analgésicos e anti-inflamatórios naturais. Pesquisas realizadas na Universidade de Rochester, nos EUA, constatou que pontos da pele próximo às agulhas continham 24 vezes mais adenosina. O cérebro identifica esses pontos e produz mais endorfina naturalmente.

Caso você escolha fazer acupuntura: 

  • Escolha o profissional com cuidado – se informe antes; escolha um profissional com boas qualificações e que não incorpora elementos pagãos na sessão.
  • Ore – dedique o tratamento a Deus e peça sua proteção contra qualquer influência maligna.


Opinião do Dr. Lucas Davi de Souza


Médico pediatra e pastor na Igreja Batista Boas Novas em Medianeira/PR

Acupuntura é um tratamento sério? Funciona mesmo? Um cristão pode fazer uso desse tratamento?



Sim. Acupuntura é ciência médica alternativa, não é solução para tudo. Mais na dor é muito útil. A ignorância é um problema sério. Acupuntura é uma arte milenar. Seu princípio é estimular com agulhas terminais neurológico sensitivos. O bloqueio que faz pode produzir até mesmo efeito anestésico. O implante de sementes na orelha faz com que alguns pensem em bruxaria. Mas esses implantes também visam produzir estímulos. Mas nem sempre os resultados pretendidos são alcançados.
Acupuntura, à semelhança da homeopatia, para alguns também é bruxaria. Mais faz parte da medicina alternativa. Os médicos mais conservadores são halopatas, ou seja, exercem a halopatia, isto é, a medicina convencional. Tanto a homeopatia, acupuntura e halopatia são práticas médicas controladas pelo CRM (Conselho Regional de Medicina).
Quanto às agulhas, elas são de uso único e descartável para evitar transmissões de doenças como a Hepatite, HIV e outras.

Acupuntura é uma prática religiosa, consagrada a espíritos ou demônios?
Não existe nenhuma consagração. É o místico da medicina chinesa que muitas pessoas criam essas tabus. Mais ela é praticada no meio cristão na China sem ressalvas.

Conclusão

Se um médico recomendar ou aprovar o tratamento com acupuntura para você, não tenha receio em valer-se desse tratamento. Se informe, procure um profissional certificado e com boas referências e, como tudo o mais em sua vida, sempre ore fazendo tudo para a glória de Deus.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entendeu? Alguma discordância ou crítica? Alguma sugestão? Colabore com o autor. Obrigado.